Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Comentários recentes





Legalização na Suiça

por Nuno Barreto, em 29.11.07
Os cidadãos da União Europeia não precisam de nada de especial para poderem visitar a Suiça. Nem precisam de passaporte, basta o bilhete de identidade. Mas para trabalhar cá de forma legal, já é preciso passar pelo processo de legalização.

Para quem faz parte de um país da União Europeia, como é o caso de Portugal, o processo de legalização é bastante simples. Primeiro que tudo, é preciso ter um contracto de trabalho. Sem isso, nada feito. Depois, basta apresentarmo-nos no Office Cantonal de la Population (OCP) do cantão onde se trabalha/reside com os seguintes documentos:

- Formulário de pedido de autorização de residência (exemplo de formulário em PDF, neste caso de Genève)
- Cópia do contracto de trabalho
- Duas fotografias
- Uma fotocópia do passaporte
- Para quem é casado, a certidão de casamento e fotocópia de passaporte do cônjuge (neste caso têm de ser preenchidos dois formulários)
- Para quem tem filhos, é necessário apresentar a cédula pessoal dos mesmos

Todos estes documentos podem ser enviados pelo correio, mas recomendo ir em pessoa. Se tiverem "a sorte" de viver num cantão e trabalharem noutro, como é o meu caso, têm de apresentar a papelada em ambos os cantões, que é sempre divertido. Em sítios fora das grandes cidades, o processo é muito rápido, mas nas grandes cidades já é mais demorado. Por exemplo, na OCP de Aubonne (cantão de Vaud) levei 5 minutos. Em Genève levei mais de 2 horas à espera.

Se a duração do contracto for inferior a um ano, é entregue um Livret L com a mesma duração que o contracto de trabalho. Se for superior, é entregue um Livret B, com duração de 5 anos. Após esses 5 anos, é entregue o Livret C, com duração ilimitada.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:07


413 comentários

Imagem de perfil

De Sandra Fernandes a 23.02.2020 às 22:42

Boa noite, espero que alguém esteja a ler isto, é urgente e agradecia ajuda
Resumindo a história, tinha o permi L, acabou a data, estava grávida, a bebé nasceu em Maio, em Setembro comecei a procurar trabalho, não consegui... continuo sem permi, na quarta-feira tive visita da Polícia, deram prazo até terça-feira para resolver a situação senão sou expulsa
O meu namorado tem permi B, vivemos juntos à 5 anos, queremos casar mas ainda não conseguimos, já não vamos a Portugal à 2 anos, a vida e mesmo difícil aqui.... o que posso fazer? Disseram para pedir permi por ele, como temos a bebé, não sei o nome mas é tipo reunião familiar, mas não somos casados... o que fazer??? Ajudem por favor
Imagem de perfil

De Sandra Fernandes a 23.02.2020 às 22:52

Boa noite, espero que alguém esteja a ler isto, é urgente e agradecia ajuda
Resumindo a história, tinha o permi L, acabou a data, estava grávida, a bebé nasceu em Maio, em Setembro comecei a procurar trabalho, não consegui... continuo sem permi, na quarta-feira tive visita da Polícia, deram prazo até terça-feira para resolver a situação senão sou expulsa
O meu namorado tem permi B, vivemos juntos à 5 anos, queremos casar mas ainda não conseguimos, já não vamos a Portugal à 2 anos, a vida e mesmo difícil aqui.... o que posso fazer? Disseram para pedir permi por ele, como temos a bebé, não sei o nome mas é tipo reunião familiar, mas não somos casados... o que fazer??? Ajudem por favor
Imagem de perfil

De Nuno Barreto a 24.02.2020 às 07:23

Bom dia. Como a polícia corretamente informou, tem de se deslocar ao sítio onde o seu namorado pediu o permit, ou seja onde se pede a autorização de residência (Pode ser o OCP da zona, ou Kreisburo, depende do cantão e cidade), e apresentar a vossa documentação assim como a certidão de nascimento do bebé. Não precisam estar casados. Provavelmente vão precisar que ambos assinem algo em como estão em união de facto. O processo é relativamente simples, e se faltar algum documento eles saberão informar.

Comentar post


Pág. 18/18





Comentários recentes