Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Comentários recentes





Legalização na Suiça

por Nuno Barreto, em 29.11.07
Os cidadãos da União Europeia não precisam de nada de especial para poderem visitar a Suiça. Nem precisam de passaporte, basta o bilhete de identidade. Mas para trabalhar cá de forma legal, já é preciso passar pelo processo de legalização.

Para quem faz parte de um país da União Europeia, como é o caso de Portugal, o processo de legalização é bastante simples. Primeiro que tudo, é preciso ter um contracto de trabalho. Sem isso, nada feito. Depois, basta apresentarmo-nos no Office Cantonal de la Population (OCP) do cantão onde se trabalha/reside com os seguintes documentos:

- Formulário de pedido de autorização de residência (exemplo de formulário em PDF, neste caso de Genève)
- Cópia do contracto de trabalho
- Duas fotografias
- Uma fotocópia do passaporte
- Para quem é casado, a certidão de casamento e fotocópia de passaporte do cônjuge (neste caso têm de ser preenchidos dois formulários)
- Para quem tem filhos, é necessário apresentar a cédula pessoal dos mesmos

Todos estes documentos podem ser enviados pelo correio, mas recomendo ir em pessoa. Se tiverem "a sorte" de viver num cantão e trabalharem noutro, como é o meu caso, têm de apresentar a papelada em ambos os cantões, que é sempre divertido. Em sítios fora das grandes cidades, o processo é muito rápido, mas nas grandes cidades já é mais demorado. Por exemplo, na OCP de Aubonne (cantão de Vaud) levei 5 minutos. Em Genève levei mais de 2 horas à espera.

Se a duração do contracto for inferior a um ano, é entregue um Livret L com a mesma duração que o contracto de trabalho. Se for superior, é entregue um Livret B, com duração de 5 anos. Após esses 5 anos, é entregue o Livret C, com duração ilimitada.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:07


413 comentários

Sem imagem de perfil

De Ana a 10.07.2016 às 16:35

Bom dia Sr. Nuno, recebi uma carta do serviço de populações da minha área de residência (faz 5 anos que estou na Suiça) a perguntar se eu quero ou não renovar o meu permis B. Sou enfermeira e trabalho num hospital público no cantão de Vaud, solteira, sem filhos e também tenho o 3eme pillier.
A questão que coloco é a seguinte:
é melhor voltar a renovar o permis B ou passar directamente ao permis C?
Pode parecer estúpido mas quanto mais opiniões oiço mais confusa fico, uns dizem para continuar no B outros dizem que o C é melhor...
Acha que consegue ajudar-me a tomar uma decisão?
Muito obrigada
Cumprimentos
Imagem de perfil

De Nuno Barreto a 11.07.2016 às 10:13

Bom dia,

Há algumas diferenças, as principais são:

- O permit C não precisa ser renovado
- Com permit C podemos votar nas votações cantonais
- Os impostos em vez de serem retidos na fonte todos os meses, são pagos ao fim do ano
- O permit C pode ser suspenso no máximo de 4 anos, podendo depois voltar à Suíça e recuperá-lo sem problemas

Para mim, excepto a chatice de se ter de guardar dinheiro para pagar os impostos no fim do ano, o permit C só tem vantagens.

Comentar post





Comentários recentes