Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Comentários recentes

  • Ninoska

    Obrigado pela sua resposta...

  • Nuno Barreto

    Bom dia,Pode meter os nomes que quiser na ordem qu...

  • Ninoska

    Em relação ao seu comentàrio, eu também anunciei q...

  • Ninoska

    Bom dia.Uma vez que também vai ser pai, jà deve es...

  • Celso

    Boa noite,é o seguinte eu tenho um carro em portug...



subscrever feeds



Publicidade


Nova vida para este blog

por Nuno Barreto, em 24.01.15

Decidi voltar a investir mais neste blog, que tem sido muito negligenciado por mim no passado recente. Vou recomeçar a falar de todo o tipo de informação útil para quem quer ir para a Suíça.

 

A interacção com os leitores do blog também irá aumentar, irei responder com mais frequência às perguntas que forem colocadas nos comentários. Além disso estou aberto a que sejam colocados aqui anúncios de casas ou empregos para emigrantes portugueses.

 

Por isso, se têm temas que gostariam que eu falasse aqui, ou se têm casas/quartos para alugar, ou empregos para oferecer, por favor contactem-me pelo meu email (nbarreto@gmail.com), e os mesmo serão colocados aqui.

 

Mas atenção, continuarei a não responder a pedidos directos de ajuda para encontrar trabalho (porque não tenho trabalho para dar, nem conheço quem tenha), nem a pedidos de ajuda para encontrar casa (pela mesma razão, não tenho casas para alugar, nem conheço quem tenha). Mas são livres de usar o espaço de comentários para fazer tais pedidos, pode ser que alguém tenha como ajudar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:37

Suíça quer restringir imigração

por Nuno Barreto, em 08.02.13

Segundo o público, a Suíça ameaça levantar entreaves à entreada de novos imigrantes europeus. Não sei se vai avançar ou não, visto que a decisão depende de muitas outras questões políticas. Mas o que é certo é que é um sinal claro de que o mercado de trabalho suíço está demasiado saturado.

 

Em termos práticos não siginifica que não vão haver mais autorizações de residência para portugueses, mas sim que vai haver um limite por ano de quantas autorizações vão ser dadas. Por isso, se isto for em frente, arranjar um emprego já não será sinónimo de ter direito a uma autorização de residência. O risco torna-se ainda maior.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:39

Há que fugir da Troika

por Nuno Barreto, em 17.10.11

As dificuldades em Portugal são do conhecimento de todos, mas parece que se agravaram ainda mais. Recebo cada vez mais emails a pedir emprego (a resposta é sempre a mesma, não tenho emprego para ninguém). Estão todos aflitos para fugir de Portugal, para o el-dorado da escolha. Seja Suíça ou outro País apetecível.

 

A mensagem que tenho para todos é: A não ser que ou tenham um bom nível de francês ou um CV competitivo (leia-se Informática, Engenheiro Civil, Enfermeiros e Médicos), não vale a pena nem tentar. A sério. E mesmo para quem tem um bom nível de francês, é muito complicado. Para mulheres é mais ou menos fácil de arranjar qualquer coisa, ou seja, procurem no jornal GHI por anúncios de babysitter. Mas não esperem fazer mais de 2000CHF por mês (provavelmente menos) com umas horas aqui e outras ali. Para homens ainda mais difícil é. Não é impossível, mas está lá perto.

 

O problema desta crise é que é uma crise global. No passado, quando havia crise em Portugal, os outros países europeus estavam relativamente bem. Mas agora já não é o caso. Há crise em quase todos os países, e mesmo que na Suíça não se sinta directamente, a verdade é que há 20x mais pessoas a tentar vir para cá. E como em todas as coisas, os melhores é que ficam. Em empregos onde antes quase qualquer pessoa conseguia entrar, nos dias de hoje pedem alguém que fale fluentemente 3 línguas (caso verídico, não vou mencionar a empresa).

 

Por isso, tenho pena de dar estas más notícias, mas para quem não veio já, é provavelmente demasiado tarde...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:37

Período de pré-aviso

por Nuno Barreto, em 27.03.08
Devido ao facto de estar num processo de transição de emprego, fui confrontado com uma situação que acho peculiar. Nos primeiros 3 meses numa empresa, o período de pré-aviso é de uma semana, e depois passa a 1 mês, e a partir do fim do 1º ano passa a 2 meses. Até aqui tudo bem, e fácil de perceber.

O que é peculiar no sistema suiço é que esse período de 1 mês e de 2 meses começam a contar somente a partir do dia 1 seguinte. Ou seja, se eu estiver a trabalhar há 6 meses, e entregar o pré-aviso no dia 2, na prática, tenho de ficar na empresa quase dois meses.

Felizmente no meu caso isso não aconteceu, entreguei o pedido de demissão ontem, o que me permite dia 1 de Maio já estar na nova empresa. Mas é bom saber.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:19

O emprego já está

por Nuno Barreto, em 01.11.07
O que penso ser o mais difícil já está: Já tenho emprego na zona de Genève. Começo a trabalhar dia 15 de Novembro, na área da Internet.

Levei cerca de 2 meses à procura de emprego. Mas só quando deixei de trabalhar, há duas semanas e meia atrás, é que surgiram as propostas mais interessantes. Há muitas empresas à procura de pessoas com disponibilidade imediata.

Outra coisa que me apercebi é que saber bem Francês é mais importante do que eu pensava. Mesmo eu, que tenho um nível médio de Francês, tive algumas empresas que se me rejeitaram por causa do meu nível de Francês. Mas o facto de o meu nível de Inglês ser muito bom, ajudou bastante.

Todas as entrevistas que fiz foram telefónicas, o que é uma outra dificuldade. É mais fácil para alguém que está lá do que para quem está longe.

Resumindo, o ideal, é estar lá, com disponibilidadde imediata e com um bom nível de Francês.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 21:10

Visita a Genève

por Nuno Barreto, em 09.10.07
Savoie Este fim de semana tive a oportunidade de visitar Genève, a terra para onde pretendo emigrar. Fui a uma entrevista de emprego, fui conhecer pessoalmente algumas pessoas com quem já tinha contacto, e fui ver se continuava a gostar de Genève. Adorei estar lá. Espero ir para lá muito em breve, mas para já preciso do principal: Um emprego. Vamos ver como correm as próximas semanas. Entretanto, vão ser muitas as visitas ao site de emprego.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:39

Publicidade





Comentários recentes

  • Ninoska

    Obrigado pela sua resposta...

  • Nuno Barreto

    Bom dia,Pode meter os nomes que quiser na ordem qu...

  • Ninoska

    Em relação ao seu comentàrio, eu também anunciei q...

  • Ninoska

    Bom dia.Uma vez que também vai ser pai, jà deve es...

  • Celso

    Boa noite,é o seguinte eu tenho um carro em portug...



subscrever feeds