Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Comentários recentes





Publicidade


Ter um filho na Suíça

por Nuno Barreto, em 24.01.11

No fim de Maio vou ser pai, e isso tem-me permitido aprender algumas coisas sobre ter filhos na Suíça.

 

Para já, é interessante saber que uma mulher não pode ser despedida se estiver grávida, mesmo que ela não tenha conhecimento da gravidez. Por incrível que pareça isso aconteceu conosco. A minha esposa foi despedida uma semana antes de sabermos que estava grávida, e o despedimento foi anulado. Mas fora isso, não existe mais nenhuma proteção especial. Não há redução de horários, por exemplo.

 

Para que tudo seja coberto pelo seguro de saúde, é sempre necessário adicionar-lhe o suplemento (a ver com cada seguradora), e isso um ano antes de começar a gravidez, senão não pagam. Também dependendo do suplemento que se adquire, pode-se ter acesso a clínica privada para o nascimento ou não, por isso é bom ter atenção a isso.

 

No que diz respeito a licença de parto, varia para cada cantão. No de Genève são 16 semanas para a mãe, nos outros não sei ao certo, mas sei que anda tudo à volta deste valor ou pouco mais. Para o pai, depende da empresa, e em geral são só entre 1 e 3 dias. E depois disso, não há mais regalias (nem horas para aleitamento, nem nada).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:37

Publicidade



101 comentários

Sem imagem de perfil

De Manuela Pereira a 23.05.2012 às 11:03

Sou Portuguesa...mas com as coisas que leio por aqui deixam me com vergonha de o ser...Vim para a Suíça Já com 4meses de gravidez...tive direito todas as consultas,nasceu numa ds melhores maternidades,tive parteira a seguir me em casa até 10 dp nascimento do bebê...Parto cm eu escolhi \"na Água\" sem pagar mais por isso...Estudei até ao ensino superior e fui funcionária pública mts anos...ncn pensei deixar de fazer aquilo q gostava...mas a vida tem caminhos...Meu bebê tem agora 16 meses...e vejo q aqui é mt difícil p as mãe...pois ñ há mts opções p deixar seus filhos...creches mt caras, amas poucas...qd se tem mais de um filho façam idéia...Não foi mnh escolha vir p a Suíça mas pl mnh família...tnh saudades da mnh casa, meu emprego, ds meus amigos...Hj quem emigra não são os Burros cm já li...mulheres q nem sabem escrever ou falar...isso já foi há mt tempo...Vergonha de ser portuguesa num país onde tem uma imagem ds portugueses de há 50 anos atrás...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 22.07.2012 às 22:50

........ Manuela Pereira...........

Tambem é e serà dificil para o pai.
Uma mâe tem o prazer de ter uma criança, e o pai terà a infelicidade de criar essa ou uma criança.
Mas bom, o amor é assim.
Depois o amor se perde, e vem o prazer de ver outras mulheres; é o prazer de muitos homens aqui na Suiça...

Coisa que nâo desejo isso a ninguem, MAS ?????????

Boa coragem.
Sem imagem de perfil

De José e Maria a 15.01.2013 às 00:20

Boas,

bem haja Nuno pelo teu blog ;)

Precisamos de ajuda para uma situação: somos trabalhadores independentes com actividade aberta em Portugal e por vezes fazemos trabalhos no estrangeiro, em diversos países da Europa, para empresas estrangeiras na área da comunicação.

Neste momento a Maria está grávida de 5 meses e em Maio vai ter o bébé. Temos trabalho para uma empresa de CH de Março até Agosto e em principio o bébé nascerá em CH, não porque queremos ou porque deixamos de querer,l mas porque a Mãe Maria nao vai ficar sem o Pai José em Portugal e sozinha, pois nao tem sentido, nem antes nem depois do parto. Não somos casados, nem pretendemos casar por agora.

A empresa suiça arrenda casa para nós, como anteriormente e não precisamos preocupar com nada relativamente a isso. Está tudo legal, temos contrato com essa empresa, e os serviços de migração sabem para onde vamos, quando vamos, etc.

O que pergunto, porque estamos a informar-nos, é sobre a possiblidade de termos seguro de saude básico para a gravidez e parto.

O parto, queremos fazer em casa com uma Doula a acompanhar - que ja estamos em contacto com a Associação e não queremos hospitais, embora pretendemos ter uma reserva, ou no hospital, ou numa "casa de partos" no caso de ser necessário alguma urgencia. Sabemos que depois de nascer temos 3 dias até registar a criança e quem precisa de estar presente.

Mas precisamos solucionar o seguro básico de saude para a Maria. Neste caso, a Maria nao vai trabalhar nem assinar nenhum contracto, ela só vai acompanhar o José, que é quem vai trabalhar, então, alguém saberá explicar o que temos de fazer?

Gostariamos de ter isto bem claro antes de chegarmos.

Sabemos que tudo se paga em CH.

Vamos para o cantão alemão. Falamos portugues, frances, ingles, e um pouco de alemão e italiano. Não é a primeira nem segunda vez que vamos para a CH. É apenas mais um pais, embora sem duvida tem coisas muito boas e muitas regras, um pais de extremos, de nivel de vida muito elevadp, onde os alimentos básicos sao extremamente caros relativamente a qualquer pais que passamos, desde o Norte da Europa ao Sul, Este ou Oeste... Mas tem uma beleza natural linda e única... que fica bem em qualquer postal..

Se alguém puder dar uma ajuda relativamente a este aspecto, muito agradecidos.

Maria e José
Sem imagem de perfil

De AI FILHA = ENCOSTA A *BRILHA* a 17.01.2013 às 19:24

""" AI FILHA, ENCOSTA A BRILHA """

,,,...,,, Esta foi boa = Olhai uma realidade ,,,...,,,

APRESENTEI A PORTUGUESES uma * bela e grande mulher * que se fez passar por = Olhai :

=.=.=.=.=.=.=.

,,,...,,, ******* ELA ERA UM HOMEM **** ,,,...,,,

Ela tinha o rêgo mijadeira como se fôsse uma mulher, e afinal era nem mais nem menos do que um homem (!).

******
Ela era tâo bem feita e tâo bonita, que ninguem se deu à fé do que em realidade ela era = ele era !!! um homem de verdade, mas era capado !

Quando ele=ela dizia de que se queria casar, todos os homens se apanhonavam por ela !

Pois, casamentos e casamentos prometidos, ele = ela, conseguiu enganar 96 homens no espaço de 5 semanas, se enchendo assim de ouro, dinheiros e mais coisas oferecidas...

Quantos mil francos ele / ela nâo ganhou em pouco tempo ?
_ Ele / ela * bem o sabe, e fez ele = ela bem !

Daii-lhe forte e feio !
Sem imagem de perfil

De tacurtir a 05.07.2012 às 01:48

Ola Nuno tenho uma pergunta, a minha namorada esta gravida e nos estamos a pensar em ir morar para a suica ela esta de um mes e eu em principio ja tenho emprego tenho o promisso.. estamos a pensar casar ai mal chegamos para lhe passar o promisso... queria pedir alguns conselhos... ela podera arranjar trabalho estando gravida de 1 mes...? o que devo fazer?
Sem imagem de perfil

De TA---ACURTIR !! a 22.07.2012 às 22:54

TA--- ACURTIR E VAI PARIR :

Por enquanto està a inchar, mas ela vai despejar___
Dà-lhe carne de porco, que a coisa vai mais depressa.
_ Depois faz-lhe outro (a) filho (a).
_ Hà que meter carne para a bòia, e enchê-la sem parar.

_____________ ENCHER PNEUS _____________
Sem imagem de perfil

De moki a 20.07.2012 às 15:03

ola, o meu nome e monica.
eu pretendo ir estudar para a suíça, quero acabar o secundário aí, contudo estou à procura de escolas internacionais em geneve, mas nao encontro uma adequada.
a minha questão, é saber se se paga alguma coisa nessas escolas, ou se são públicas(grátis).
se soubessem de alguma coisa, gostava que me ajudassem XD
Sem imagem de perfil

De Para MOKI ou da Moka ? a 21.07.2012 às 22:06

Pois é, na CHOURICA se paga tudo, e mesmo assim é preciso dar o seu pròprio corpo, porque quem vem estudar aqui, é impossivel poder pagar os estudos assim como muita gente julga.
A nâo ser que tenha pais muito ricos, e prontos a gastar mais ou menos os seus 3000 francos, quase os 3000 Euros ao mês.
_ Mas bom:
Vindo e encontrar um trabalhito aqui e ali, com umas ajudas daqui e de ali, muita gente consegue. Jà se sabe que hà bastantes dificuldades, mas hà gente que se safa assim. È preciso é ter um trabalhito aqui, uma ajuda em casa (quarto) ou falilia, guardando crianças ou assim, e de dia, ir aos estudos. Nâo esquecer a ajuda dos pais, e isso é importante. Outras ajudas por cà, sempre se encontra.

Boas esperanças_____________________
Sem imagem de perfil

De Olha Moki: a 22.07.2012 às 22:41

Hà bastantes estudantas cà na Suissa que sâo portuguesas. No entanto, para estudar cà, os gastos sâo bastantes pesados. Em Geneve ou Lausanne ou Fribourg, um quarto custa o equivalente a 600 euros, a nâo ser que alguem te ajude cà, em troca de fazeres limpezas à casa, ou guardar crianças, em casa de casais. Os transportes, custam dinheiro" O comer custa 200 euros ao mês, seguros é na ordem dos 230 euros ao mês, roupas é o mais barato.
Sem ajudas de gente competente, nâo se consegue nada, mesmo nada.
Tudo se paga aqui.
Boa esperança.

De Tiago de - Vevey-Lausanne.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.12.2013 às 18:42

Boa Noite
Que escolas recomendam em Genebra , para crianças a partir dos 14 anos , cá frequenta o 8 ano.
Cumprimentos
Cristina
Sem imagem de perfil

De Cristina / escola. a 18.12.2013 às 23:18

> Cristina / Escola ?

Telefona ao 0793691752, ele sabe de tudo. Penso que essa pessoa te vai dar resposta, como dava ùltimamente às pessoas que lhe pedissem qualquer coisa .

Boa sorte.
Sem imagem de perfil

De Pereira adelaide a 27.02.2016 às 12:15

Ola eu não com cordo pk eu tava a trabalhar num hospital e fiquei gravidade e foi despedida na mesma e foi au tribunal e eles ganharam por isso
Sem imagem de perfil

De Ninoska a 24.05.2017 às 10:30

Bom dia.

Uma vez que também vai ser pai, jà deve estar informado acerca da questão que lhe vou colocar.

Eu vou ser mãe ainda este ano. A questão é a seguinte:
Aqui na Suiça como é feito o registo do nome do bébé relativamente aos sobrenomes a colocar ao bébé?

É como em portugal, um da mãe e outro do pai? e qual é em primeiro?

Ainda não me informei, mas apenas coloco a questão, porque escutamos tanta coisa e coisas sempre diferentes que enfim...

Obrigado e aguardo o seu contacto para saber a sua opinião acerca do assunto

Um bom dia
Barros Ninoska
Imagem de perfil

De Nuno Barreto a 24.05.2017 às 10:46

Bom dia,

Pode meter os nomes que quiser na ordem que quiser, não há obrigação de ser o do pai no fim.
Sem imagem de perfil

De Ninoska a 24.05.2017 às 10:32

Em relação ao seu comentàrio, eu também anunciei que estava gràvida e não tive qualquer problema em relação ao meu posto de trabalho, pelo contràrio, tenho recebido todo o apoio!... agora talvez venha a depender dos empregadores e das chefias...
Sem imagem de perfil

De Ninoska a 25.05.2017 às 07:34

Obrigado pela sua resposta...

Comentar post


Pág. 4/4





Comentários recentes